Arquivo da tag: Nossa senhora das Graças

Pai nosso que estais nos céus!

 

aba-pai

 

 

Comentário do dia Santo Agostinho (354-430)
Bispo de Hipona (Norte de África), Doutor da Igreja
Carta 130, a Proba, sobre a oração, 11-12 (trad. cf bréviaire 3ª feira da XXIX semana do Tempo Comum)
 
«Senhor, ensina-nos a orar.»
 
santo-agostinho...Na oração, as palavras servem para nos estimular e nos fazer compreender melhor o que pedimos ; não pensemos que são necessárias para informar o Senhor ou forçar a sua vontade. Quando dizemos: «Santificado seja o vosso nome», estimulamo-nos a desejar que o nome de Deus, que é sempre santo em Si mesmo, seja também honrado como santo entre os homens, e nunca desprezado; e isto não é para benefício de Deus, mas dos homens. Quando dizemos: «Venha a nós o vosso reino» – que há-de vir certamente, quer queiramos, quer não –, excitamos a nossa aspiração por aquele reino, para que ele de facto venha a nós e mereçamos reinar nele. Quando dizemos: «Seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu», pedimos ao Senhor que nos dê a virtude para que se cumpra em nós a sua vontade, como os anjos a cumprem no céu. […]
 
Quando dizemos: «Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido», tomamos consciência do que pedimos, e do que devemos fazer para merecermos receber o perdão. […] Quando dizemos: «Livrai-nos do mal», recordamos que ainda não estamos naquele sumo bem onde já não é possível sofrer qualquer mal. E estas últimas palavras da oração dominical têm um significado tão amplo, que o cristão, seja qual for a tribulação em que se encontre, pode com elas exprimir os seus gemidos ou lamentações, dar início, continuar ou terminar a sua oração.
 
Tínhamos necessidades destas palavras para gravar na memória todas estas realidades. Quaisquer outras palavras que possamos usar na oração […] nada mais dizem para além do que se encontra já na oração do Senhor, se de facto oramos como convém.

 

 

 

 

Reflexão do Evangelho (Lucas 11,1-4)
Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2012

Pai nosso que estais nos céus!

niños rezando2 (2)Hoje ousamos fazer para Jesus o mesmo pedido: “Senhor, nos ensine a orar, como João ensinou os discípulos dele!” E ficamos à espera de que Ele sussurre aos ouvidos do nosso coração as mesmas palavras daquele dia: “Quando rezardes dizei: Pai nosso”.
 
“Pai nosso que estais nos céus”. Nas religiões antigas não era muito habitual dirigir-se a Deus como Pai. Mas, no Antigo Testamento, Deus era invocado com esse título, dada a Sua relação especial com Israel, salvo da escravidão e protegido com evidentes sinais de intervenções divinas. Jesus é o Filho de Deus. Aqueles que O seguem participam dessa filiação divina. Por isso, O podem chamar Pai, “abbá”, ou seja, papá, paizinho, pai querido.
 
“Santificado seja o vosso nome”. Na linguagem bíblica, o nome é a pessoa. Invocar o nome de Deus é invocar a Deus. Se Deus é o Santo por excelência, que significa pedir que seja santificado? Significa pedir que se manifeste, se dê a conhecer e cumpra as Suas promessas. Significa também pedir que a nossa vida cristã coerente leve outros à fé. Uma vida cristã incoerente pode levar à blasfêmia do nome de Deus.
 
“Venha a nós o vosso Reino”. O Reino ou reinado de Deus significa a nova ordem ou estado das coisas, na qual a Sua soberania é reconhecida e aceita. Este Reino é atualidade e presença, a partir da presença de Jesus. Mas pede-se o seu reconhecimento no presente, e a sua plena revelação no futuro.
 
rezand1“O pão nosso de cada dia nos dai hoje”. Pede-se a Deus poder para satisfazer as necessidades de cada dia e, provavelmente, o pão que é o próprio Cristo assimilado pela fé, o Pão da Eucaristia.
“Perdoai-nos as nossas faltas”. Todos temos faltas para com Deus, isto é, culpas ou pecados. Uma que vivemos sob a Sua graça e não lhe somos sempre fiéis. Mas o perdão que pedimos é condicionado pelo perdão que concedemos, ou não, aos nossos devedores.
 
“Não nos deixeis cair em tentação”. Aqui, “tentação” significa provação. Seremos julgados tendo em conta as nossas reações às provações da nossa vida.
 
“Livrai-nos do mal”. Há duas formas de traduzir esta petição: livrai-nos do mal ou livrai-nos do Maligno. Nos tempos de Jesus, considerava-se que o Maligno, o demônio, estava por detrás de qualquer mal. Hoje não se pensa assim. Mas o confronto com o demônio é algo que faz parte da nossa experiência.
O ensinamento de Jesus é de rezar bem e sempre. A Bíblia nos diz:
 
“Quem pede com persistência recebe; quem bate com insistência, abrir-se-lhe-á a porta; rezai para não cairdes em tentação; buscai em primeiro lugar o Reino dos Céus e a sua justiça e o resto vos será dado por acréscimo”.
 
O “Pai Nosso” é a oração de Jesus. Rezá-lo é comungar na oração do nosso Salvador. A oração do Filho tornou-se a oração dos filhos. Há que reaprender a rezá-lo com a emoção com que o rezam os recém-batizados nos primeiros tempos da Igreja. Há que rezá-lo, quanto isso é possível, com a emoção e o afeto com que o rezava o Filho de Deus feito homem.
 
Jesus nos ensina que – no nosso diálogo com o Pai – podemos enfrentar muitas tentações e que o silêncio de Deus pode nos parecer distante até o ponto de levantar os olhos e gritar: “Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?” ou “Se for possível afasta de mim este cálice!” Mas não podemos desfalecer. Em tudo devemos gritar: “Pai nosso que estais nos céus!”

Padre Bantu Mendonça
FONTE: Liturgia Canção Nova

 

pai nosso

 

 

Muito bom de ouvir!

Mulheres ao vivo é o show comemorativo dos 15 anos do grupo Cantores de Deus, formado por Dalva Tenório, Karla Fioravante e Andréia Zanardi.

Participação de Pe. Zezinho, scj, Ziza Fernandes, Walmir Alencar, Suely Façanha, Eliane Ribeiro e outros.

 

Pai nosso 6

 

 

 

 

papa ceuTU_ES_CHRISTUS_lbum_lan_ado_com_composi_es_in_ditas_e_discursos_do_Papa_Jo_o_Paulo_II

 

Bem-aventurado João Paulo II, rogai por nós!

Ladainha

Senhor tende piedade de nós, Senhor tende piedade de nós!
Cristo tende piedade de nós, Cristo tende piedade de nós!
Senhor tende piedade de nós, Senhor tende piedade de nós!

João de Deus, rogai por nós!
Servo dos servos de Deus, rogai por nós!
Papa Peregrino, rogai por nós!
Papa Missionário, rogai por nós!
Papa do Milagre de Fátima, rogai por nós!
Papa do Perdão, rogai por nós!
Papa que venceu o bloco comunista, rogai por nós!
Papa da Divina Misericórdia, rogai por nós!
Papa da Jornada Mundial da Juventude, rogai por nós!
Papa do novo Catecismo da Igreja Católica, rogai por nós!
Papa do novo Código de Direito Canônico, rogai por nós!
Papa do incentivo aos Meios de Comunicação, rogai por nós!
Papa do incentivo às Artes, rogai por nós!
Papa da solicitude às Famílias, rogai por nós!
Papa da solicitude aos Enfermos, rogai por nós!
Papa do diálogo entre as religiões, rogai por nós!
Papa da Paz, rogai por nós!
Papa do Terceiro Milênio, rogai por nós!
Papa do novo Rosário, rogai por nós!
Atleta de Deus, rogai por nós!
Amigo devotado à Virgem Maria, rogai por nós!
Amigo dos santos e beatos, rogai por nós!
Amigo de todos os povos e nações, rogai por nós!

Damos-vos Graças Deus Pai, por Sua Santidade João Paulo II
Graças por ter testemunhado, em seu rosto o amor de Cristo
Graças por ter testemunhado, em seu corpo a Cruz de Cristo
Graças por ter testemunhado, em sua figura o mensageiro da Paz de Cristo
Graças por ter testemunhado, em suas mãos O Corpo e Sangue de Cristo
Graças por ter testemunhado, o Espírito da Luz de Cristo
Graças porque, o temos como grande intercessor
Graças porque, ao vê-lo e escutá-lo nos alegrou na alma em Cristo.
Bem-aventurado João Paulo II, rogai por nós que recorremos a vós!

Bendize minha alma ao Senhor, e que Deus nos abençoe pelo testemunho do Beato João Paulo II. Tudo isto vos pedimos em nome de Cristo Senhor na unidade do Espírito Santo. Amém. 

Pai Nosso / Ave Maria / Glória ao Pai

– See more at: http://www.jp2.org.br/novena#sthash.WblpKd5g.dpuf

joao paulo poeta 1150361_500749413340894_905066449_n

 

 

 

UMA PARTILHA BEM PESSOAL.

Eu por escolha própria, desejando estar livre, sem apegos e muitas vaidades.
Percebi que vivia apegada em maquiagem e brincos.
Se saísse de casa sem eles, voltava correndo, pois parecia me faltar alguma coisa.
Nunca gostei de nada extravagante, mas usava maquiagem leve, e brincos discretos.
Não acho que seja pecado usa-los…Mas para mim, foi algo bom renuncia-los.
Fico a prestar atenção quando me fazem elogios, por não parecer a idade que tenho…
E vejo que pensava que estes apegos me faziam mais jovem e mais bonita.
Porem não me fazem falta alguma!
Hoje é um peso quando sou obrigada a usa-los em algumas ocasiões especiais (Ex: madrinha de casamento)
Pois ficam a me cobrar para não ser diferente, e acabo cedendo…
 
Buscando comprar uma imagem da Virgem Maria, a qual minha preferida é nossa Senhora da Eucaristia.
Uma pessoa desejava que eu comprasse outra…E insistia com uma que não me cativa o coração.
Por insistência dela, tive que falar por que…
“É que nesta imagem Maria usa brincos, e vejo Nossa senhora, sem apegos ou vaidades.E esta imagem não cativou meu coração.”
E a pessoa ficou toda cheia de justificativas: ” Maria era uma menina de mente aberta, igual as outras meninas. E por isso aceitou ser mãe solteira, sabendo que ia ser ridicularizada por isso.
Jesus era uma pessoa alegre, e não o Jesus morto que pregam por ai. Eles gostavam de festas.”
 
Melhor não insistir…cada um tem o direito de ver como quiser.
Eu creio em Jesus alegre e comunicativo. Porem na santa missa, no momento da consagração Eucarística, é a renovação do momento do calvário, e não da pra fazer festa!
 
Mas não mudei minha ideia, perante ela.
Disse a ela, que via Maria como alguém que tinha uma beleza interior tão intensa,
que não necessitava de nenhum adereço.
E aquela imagem não cativava meu coração.
 
 
criança-1_053288Vejo Maria com a pureza de uma criança. Que o pecado e as vaidades, não deformaram.
Assim como uma face de criança a contemplar o céu!
 
 
Cada um tem sua própria experiência.
Depois do dia que percebi a imagem de Maria com brincos, conscientizei-me dos meus apegos, e renunciei a usa-los de vez.
Hoje me sinto livre!
colar imagesTambém o crucifixo que uso, não é adereço, mas testemunho de fé.
Pois acho estranho, que me achem cafona usando o crucifixo, e achem bonito, colares de pérolas enormes e coloridas, alguns com plumas, ou brilhos excessivos.
 
Não uso decotes, transparências insinuantes, ou roupas curtas.
O que não quer dizer que não gosto de me vestir bem.
Gosto de roupas discretas e elegantes.
 
Mas é escolha própria minha. E não é por isso que sou mais santa do que outras pessoas, sou eu…apenas isso…”Eu”…
Porem as vezes as pessoas insistem querendo que eu fale, e quando falo, se inquietam! rsrrs
(Sol)
 
 
pensando 0da4ef17c09cc3c7ae0aac7e6953c8024152b92b
 

Quando a sabedoria penetrar em teu coração e o saber deleitar a tua alma,a reflexão velará sobre ti, amparar-te-á a razão, para preservar-te do mau caminho, do homem de conversas tortuosas.Pv 2,10-12)

 

 

nossa senhora das graças linda

 

Imagem de Nossa Senhora das Graças.

Significado e Simbolismo

Conheça os símbolos contidos na imagem de Nossa Senhor das Graças.

A aparição de Nossa Senhora das Graças
A primeira vez que a Virgem Maria se revelou como Nossa Senhora das Graças, foi em 1830, numa aparição a Santa Catarina Labouré, em Paris, França. Na aparição, Maria disse que tem muitas e muitas graças para dar à humanidade, mas as pessoas não as pedem. Vamos, então, conhecer os símbolos da imagem.
A túnica e o véu de Nossa senhora das Graças
A túnica e o véu na cor branca que aparecem na imagem de Nossa senhora das Graças simbolizam a pureza da Virgem Maria. Com efeito, ela é “Cheia de Graça”, segundo as palavras do Anjo Gabriel (Lucas 1, 28). O véu era usado sobre os cabelos pelas mulheres judias como sinal de pureza e recato.

O cinto azul
O cinto azul de Nossa Senhora das Graças representa o céu e está ligado à túnica branca. Isto significa que para chegar ao céu é preciso pureza de coração e santidade. Claro que, para isso, contamos com a misericórdia de Deus e a intercessão de Nossa Senhora.
O manto azul de Nossa Senhora das Graças
O manto de Nossa senhora representa o céu. Significa que a Virgem Maria é um ser humano que está no céu, gozando da irrestrita presença de Deus, bem como da glória celestial. E estando lá, diante de seu Filho Jesus, ela pode interceder por todos nós, que somos seus filhos adotivos.

A coroa de doze estrelas
A coroa de doze estrelas é um símbolo forte nas imagens de Nossa Senhora. Significa que a Virgem Maria é rainha do céu e da terra. As doze estrelas vem da visão de São João, que está em Apocalipse 12, 1 e significam os doze Apóstolos. Eles são as colunas da Igreja. A coroa de Nossa Senhora com doze estrelas significa que Nossa senhora é Rainha em conformidade com a doutrina dos Apóstolos.
 
A serpente debaixo dos pés de Nossa Senhora das Graças
A serpente debaixo dos pés de Nossa Senhora das Graças simboliza o demônio vencido pela “Nova Eva”, obediente e pura. Dizendo “sim” a Deus e gerando Jesus, a Virgem Maria “esmagou a cabeça da serpente”, como nos fora prometido por Deus no livro do Gênesis 3, 15. Por isso, quem procura se aproximar da Mãe Maria com sinceridade de coração, vence as tentações do maligno e se aproxima cada vez mais de Deus.

O globo sob os pés de Maria
Veja as palavras da própria Virgem Maria a Santa Catarina Labouré: “Este globo que vês representa o mundo inteiro e especialmente a França, e cada pessoa em particular.” O globo terrestre debaixo dos pés de Nossa Senhora significa que ela tem poder de intercessão para salvar o mundo. Porém, é preciso que os cristãos peçam isso a ela incessantemente. O mundo também representa cada pessoa em particular, que pode ser salva pela intercessão da Mãe.
Os raios saindo das mãos de Nossa Senhora das Graças
Os raios saindo das mãos de Nossa senhora das Graças tem um significado maravilhoso. Veja as palavras da Mãe sobre isso: “Os raios são o símbolo das Graças que derramo sobre as pessoas que Me as pedem. Os raios mais espessos correspondem às graças que as pessoas se recordam de pedir. Os raios mais finos correspondem às graças que as pessoas não se lembram de pedir.” Em outra aparição, Nossa Senhora lamentou dizendo a Santa Catarina Labouré: “Tenho muitas e muitas graças para dar à humanidade, mas as pessoas não mas pedem.”

Oração a Nossa Senhora das Graças
“Ó Imaculada Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe, ao contemplar-vos de braços abertos derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança na vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas inúmeras culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expor, durante esta oração, as nossas mais prementes necessidades. ( Faça o seu pedido)
 
( Ensina-me Virgem Maria, a agradar sempre mais o coração de teu filho Jesus).
 
Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiantes vos solicitamos, para maior glória de Deus, engrandecimento do vosso nome, e o bem de nossas almas. E para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmar sempre verdadeiros cristãos. Amém.”
 
Rezar 3 Ave-Marias e depois a jaculatória: Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.

http://www.cruzterrasanta.com.br/significado/nossa-senhora-das-gracas

 

bebe-rezando ORANDO

(Na oração acima coloquei o meu pedido, faça o seu)

 

 

 

Hoje meu coração se voltou a descendência italiana…
Gosto muitoooooo!

totus tuus maria

Canto te, Maria.

bomdiamara (2)

Anúncios