Arquivo da tag: Espírito Santo

Contemplação e silencio…

 

ORAÇÃO PARA PEDIR

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO

Pombo

Vinde Espírito Santo

E dai-nos o Dom da Sabedoria

Para que possamos avaliar todas as coisas à luz do Evangelho  E ler nos acontecimentos da vida os projetos de amor do Pai

Dai-nos o Entendimento

Uma compreensão mais profunda da verdade a fim de anunciar a salvação com maior firmeza e convicção

Dai-nos o Dom do Conselho

Que ilumina a nossa vida e orientai a nossa ação segundo vossa Divina Providência

Dai-nos o Dom da Fortaleza

Sustentai-nos no meio de tantas dificuldades com vossa coragem para que possamos anunciar o Evangelho

Dai-nos  o Dom da Ciência

Para distinguir o Único Necessário das coisas meramente importantes

Dai-nos Piedade

Para reanimar sempre mais nossa íntima comunhão convosco E, finalmente, dai-nos vosso santo Temor

Para que, conscientes de nossas fragilidades, Reconhecermos a força da vossa graça.

Vinde Espírito Santo

E dai-nos um novo coração. Amém.

Pe. Joãozinho – Oração inspirada na Carta de João Paulo II aos sacerdotes do mundo inteiro por ocasião da quinta-feira santa de 1998.

vem espiritocolomba6

 

BarraFlores

 

 

PENSANDO ALTO

Cansado demais para descansar pensar

“Alguns se sentem multidão, outros gente. Devemos escolher pessoalmente e individualmente por Deus.” (santos ensinamentos padre Antonello) Lembrei-me da leitura da hemorroisa, que no meio da multidão, tocou Jesus, de um modo que ele pode sentir a sua fé!

hemorroissa1207822261604E certa mulher que, havia doze anos, tinha um fluxo de sangue,
E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior;
Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste.
Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei.
E logo se lhe secou a fonte do seu sangue; e sentiu no seu corpo estar já curada daquele mal.
E logo Jesus, conhecendo que a virtude de si mesmo saíra, voltou-se para a multidão, e disse: Quem tocou nas minhas vestes?
E disseram-lhe os seus discípulos: Vês que a multidão te aperta, e dizes: Quem me tocou?
E ele olhava em redor, para ver a que isto fizera.
Então a mulher, que sabia o que lhe tinha acontecido, temendo e tremendo, aproximou-se, e prostrou-se diante dele, e disse-lhe toda a verdade.
E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz, e sê curada deste teu mal.
Marcos 5:25-34

 

hemorroissa MANTO

Ouvi um dia em uma homilia: Alguns passam por Jesus, outros tocam nele.

Penso que é bem assim. Muitos seguem no meio da multidão, entre louvores, alegrias, danças, e distrações. Mas continuam vazios…

A leitura da hemorroissa nos mostra isso. No meio daquela multidão, aquela mulher,  com fé fervorosa, olhou pra Jesus de um modo diferente, um olhar de contemplação. Tentou expressar no tocar de suas vestes, o tamanho de sua fé. E venceu toda agitação daquele momento, atraindo sua atenção.

 Aqueles que contemplaram Jesus o encontraram. Não os melhores, mais os piores…Aquele que começa a enxergar sua miséria, diante do criador do universo. Fica perplexo…se abandona…silencia…se prostra…

Um dia esta frase de são João da Cruz, cativou meu coração, e a anotei em meu diário espiritual. Porem eu não a entendia, mas sabia que tinha uma verdade a ser descoberta. Achava estranho, aproximar-se de Deus, e encontrar-se nas trevas, na escuridão.

joao_CRUZ“Quanto mais a pessoa se aproxima de Deus, mais profundas são as trevas que sente, e maior a escuridão, por causa de sua própria fraqueza. Assim, quanto mais alguém se aproxima do sol, sentirá, com seu grande resplendor, maior obscuridade e sofrimento, em razão da fraqueza e incapacidade de seus olhos.”

Mas o tempo, e a busca me revelou o que o santo desejava explicar. Quando mais nos aproximamos do perfeito, percebemos a nossa imperfeição, e quanto ainda nos falta para sermos o que Deus espera de nós. E parece que por mais que façamos em obras em orações, não saímos do lugar. Porque o caminho da perfeição, só terá sua chegada na eternidade, se formos dignos de conquistar o céu!

(Sol)

BarraFlores

Contemple Jesus…

Como Madalena, aos seus pés, quando a multidão foi embora, e ela ergueu seus olhos para aquele que lhe estendia mão.

madalena levanta pecadora-caida

Como Zaqueu, que impedido de ver Jesus por causa da grande multidão, e de sua baixa estatura, subiu na arvore, porque queria contemplar melhor Jesus que passava.

zaqueu1

Como a hemorroissa, que viu Jesus passar em meio a multidão sem a notar, mas o contemplou com todo o seu amor, e em um toque chamou a sua atenção.

hemorroissaimages

Peça a graça ao Senhor, e ele te atenderá…Deseje que seu olhar silencie tudo a sua volta, quando Jesus passar.

E se a agitação da multidão ainda te distrair, feche os olhos e contemple o silencio de amor.

ORAR 1546128_712623358762574_180615756_n

Jesus não resiste a um coração abandonado.

(Sol)

CRIANÇA ORAR 11742760_821194027950734_1291844143438799046_n

BarraFlores

Da paz ao coração…

O silencio…O abandono…A entrega…

As vezes na adoração, nos prendemos a orações prontas, e ficamos a ler como lemos um livro, nos momentos de cansaço, onde as palavras são vazias e não dizem nada.

E a agitação fica presente, impedindo que tenhamos um encontro pessoal com Jesus.

Nestes momentos, melhor silenciar, e deixar o Espírito Santo nos ajudar.

As vezes o silencio fala mais que palavras…

Outras apenas uma, ou duas palavras falem mais que um texto completo…

Te amo…te adoro… todo teu…Totos Tuus…Santo, Santo, Santo!

Aprendi a não perder tempo fazendo muitos pedidos.

Um pedido resume todos…

“Faça-se a sua vontade Senhor, na minha vida e na vida daqueles que me apresenta para orar! “

Isso basta!

Que se cumpra o que for para sua gloria e para a santificação da almas!

(Sol)

sua vontade

BarraFlores

Oração ao Divino Espírito Santo.

(Cardeal Verdier)

espirito_santo-pomba em movimento

Ó Espírito Santo,

Amor do Pai e do Filho!

Inspirai-me sempre aquilo que devo pensar, aquilo que devo dizer, como eu devo dizê-lo, aquilo que devo calar, aquilo que devo escrever, como eu devo agir, aquilo que devo fazer, para procurar a Vossa glória, o bem das almas e minha própria santificação.

Ó Jesus, toda a minha confiança está em Vós.

Ó Maria, Templo do Espírito Santo, ensinai-nos a sermos fiéis àquele que habita em nosso coração.

Amém!

maria eucaristia 11137181_799980743405396_2776416701354908497_n

BarraFlores

 

pensar thinking-about-you-1920x1080

Eu não entendo um Deus assim
Tão louco de amor por mim
Eu não mereço, sou tão fraco,
Porquê ele me escolheu

E para confundir os fortes
Gravou meu nome em sua mão

Deus você me levantou do chão
Enquanto a multidão jogava pedras
Deus você me perdoou
E desse amor eu não esqueço

MADALENA mulherjesus300x240

Pequena formação, padre Joãozinho.

palavras th

 

Ouço passos, vozes do silêncio,
Um segredo, um sussurro, um murmúrio,
É o esposo adorado, é o Rei, o Senhor,
Entra, faremos festa, amor,
Meu amor, Jesus.

bailarina_branca

Você já ouviu o silencio! Saiba que ele canta louvores que somente a nossa alma pode escutar!

(Sol)

o-silencio-2

 

 

Comentário do dia
São Pedro Damião (1007-1072), eremita, bispo, doutor da Igreja
Sermão 9; PL 1, 54-553

«Receberá cem vezes mais agora, no tempo presente» (Mc 10, 30)

Temos de viver desligados das coisas que possuímos e da nossa própria vontade, se quisermos seguir Aquele que não tinha «onde reclinar a cabeça» (Lc 9,58), e que não veio para fazer a sua vontade mas, como Ele próprio disse, «a vontade daquele que Me enviou» (Jo 6,38). […]. Conheceremos assim por experiência própria o que a Vontade promete a todo aquele que tudo abandona e que caminha seguindo os seus passos: «Receberá cem vezes mais agora […] e no tempo futuro, a vida eterna» (Mc 10,30). De facto, o dom do cêntuplo é um grande conforto para a nossa caminhada, e a posse da vida eterna será a felicidade infinita na pátria celeste.

 Mas o que é este cêntuplo? É, muito simplesmente, o consolo do Espírito, que é doce como mel, as visitas que Ele nos faz e os seus primeiros frutos.

 É o testemunho da nossa consciência, é a feliz e muito alegre espera dos justos, é a memória da bondade generosa de Deus, e é também, na verdade, a imensidão da sua doçura.

 Os que experienciaram estes dons não precisam que deles lhes falemos; mas como descrevê-los, por simples palavras, a quem não os conhece?

http://evangelhoquotidiano.org

padrepiobiblia

barra anjo separador-03

 

terça feira.

Anúncios