Arquivo da categoria: LOUVOR

Se eu Te olhar eu vou! Contigo prosseguirei!

 

Formação. ESPERA NO SENHOR!
Agora não é hora de entender, mas de obedecer!
Uma só coisa peço ao Senhor e a peço incessantemente:
é habitar na casa do Senhor todos os dias de minha vida, para admirar aí a beleza do Senhor e contemplar o seu santuário.
Assim, no dia mau ele me esconderá na sua tenda, ocultar-me-á no recôndito de seu tabernáculo,
sobre um rochedo me erguerá.
(Salmos 27:4,5)
Sei que verei os benefícios do Senhor na terra dos vivos!
Espera no Senhor e sê forte!
Fortifique-se o teu coração e espera no Senhor!
(Salmos 27:13,14)
voar images
Você pode voar, com as asas do Espírito Santo. Vai não tenhas medo!
É claro que talvez tenha a exigência de fazer exercício, vá para a academia da igreja. Para a academia da comunidade, faz amizade com os irmãos, peça oração. Vai para a Eucaristia, vai para a confissão, busque os sacramentos. Busque a palavra de Deus, reze com a palavra, quinze minutos que seja!
E as suas asas que estavam atrofiadas, vão de novo ganhar movimentos, e os músculos vão desatrofiando ate que de repente, sai voando e cantando como um pássaro. Como diz o salmista: “Nossa alma como um pássaro escapou Do laço que lhe armara o caçador!” (Sl 123)
(Parte da formação do Eugenio Jorge)

 

Espera no Senhor
Mesmo quando a vida pedir de ti mais do que podes dar
E o cansaço já fizer teu passo vacilar
Espera no senhor
Mesmo se a solidão teu peito machucar
E te der vontade de ir embora e tudo abandonar

Espera no Senhor
Há um Deus que te ama e ele tudo pode transformar
Seu amor te sustentará, espera n’Ele
E ele tudo fará, tudo fará

Espera no Senhor
Mesmo se o coração angustiado está
Por ver alguém que amas longe do Senhor andar
Espera no Senhor
Mesmo que suas promessas demorem a se cumprir
E a vontade dele seja sacrifício para ti

Espera no Senhor
Há um Deus que te ama e ele tudo pode transformar
Seu amor te sustentará, espera n’Ele
E ele tudo fará, tudo fará

 

 

 

Nossa alma como um pássaro escapou
Do laço que lhe armara o caçador

Se o Senhor não estivesse ao nosso lado
Quando os homens investiram contra nós
Com certeza nos teriam devorado
No furor de sua ira contra nós, contra nós

Nossa alma como um pássaro escapou
Do laço que lhe armara o caçador

Então as águas nos teriam submergido
A correnteza nos teria arrastado
E então, por sobre nós teriam passado
Essas águas sempre mais impetuosas, impetuosas

Nossa alma como um pássaro escapou
Do laço que lhe armara o caçador

O laço arrebentou-se de repente
E assim nós conseguimos libertar-nos
O nosso auxílio está no nome do Senhor
Do Senhor que fez o céu e fez a terra, fez a terra

Nossa alma como um pássaro escapou
Do laço que lhe armara o caçador

Vídeo de formação com Padre Paulo Ricardo.

O VALOR DA SANTA MISSA

 

Eis o que era dado ver ao Padre Reus:

“Nossa Senhora convida todo o Paraíso para participar da Santa Missa. Todos os anjos e Santos A seguem em maravilhoso cortejo até o altar. Os Santos formam um semi-círculo ao redor do sacerdote celebrante e o acompanham até o altar. Lá chegando, os anjos se colocam atrás dos Santos.

Outra multidão de anjos cerca a igreja e cobre os fiéis, impedindo a aproximação dos demônios durante a Santa Missa, em honra á Majestade de Nosso Senhor Jesus Cristo.
A Virgem Santíssima está sempre junto do celebrante, do lado do altar onde é servida a água e o vinho, e onde são lavadas as mãos do sacerdote. É a própria Mãe de Jesus quem serve o celebrante e lava suas mãos. Entre Nossa Senhora e o celebrante, é convidado o Santo do dia.

Todas as almas do Purgatório também são convidadas pela Virgem Maria e permanecem durante toda a Santa Missa aos pés do altar, entre o celebrante e os fiéis. Conta o Padre Reus que ele via as almas do Purgatório em verdadeira festa e com grande esperança de libertação. Padre Reus via uma chuva caindo sobre o Purgatório durante toda a Santa Missa.
No momento sublime da Consagração, quando estas almas veem Nosso Senhor Jesus Cristo em Corpo, Sangue, Alma e Divindade, sentem um desejo incontrolável de sair daquelas chamas e se atirarem em Seus braços, mas não conseguem, por não estarem ainda purificadas.

Após a Consagração, acontece a libertação do Purgatório, das almas que já atingiram a purificação. Nossa Senhora estende a mão a cada uma delas e diz: “Minha filha, pode subir “.

Os anjos saúdam as almas libertadas do Purgatório, abraçando-as. É um momento de imensa alegria e beleza. Em seguida, estas almas, resplandecendo com a beleza indescritível, adornadas como noivas, como anjos, são introduzidas triunfalmente no Paraíso, por uma multidão de anjos, ao som de música e cantos celestiais.

http://pregacaorccuberaba.blogspot.com.br/…/o-valor-da-sant…

 

 

 

Sabes quem eu sou, conheces meu viver
Contigo eu quero ir, não posso Te negar
E quando eu me perdi, me esqueci quem sou
Me esqueci quem És, o Teu olhar me achou

Eu não vou desistir, não posso
Me escolhestes Senhor, me entrego
E quando nada entender espero em Teu amor
Só tenho a Ti Jesus

Contigo eu prosseguirei, não importa onde cheguei
Determino o meu coração, atravesso os montes, sim eu vou
Se eu te olhar eu vou


E se no caminho eu chorar ,Te ofereço cada dor
Tua Cruz é meu descansar, Tu és meu tudo, sim eu vou
Se eu Te olhar eu vou

Eu quero estar atento, quero Te olhar
Eu quero estar atento ao movimento do Senhor
Eu quero estar atento, não dá mais pra voltar
Eu quero estar atento ao movimento do Senhor

Contigo eu prosseguirei, não importa onde cheguei
Determino o meu coração, atravesso os montes, sim eu vou
Se eu te olhar eu vou
E se no caminho eu chorar Te ofereço cada dor
Tua Cruz é meu descansar, Tu és meu tudo, sim eu vou
Se eu Te olhar eu vou

Contigo eu prosseguirei, não importa onde cheguei
Determino o meu coração, atravesso os montes, sim eu vou
Se eu te olhar eu vou
E se no caminho eu chorar Te ofereço cada dor
Tua Cruz é meu descansar

Tu és meu tudo, sim eu vou
Se eu Te olhar eu vou

Se eu Te olhar eu vou
Contigo prosseguirei

 

Salve Rainha

 

Salve, Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve!

A vós bradamos, os degredados filhos de Eva; a vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei; e depois deste desterro nos mostrai Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.

Rogai por nós, santa Mãe de Deus.
R: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

 

Salve Rainha,  nossa esperança! Seguimos gemendo e chorando no vale de lágrimas. Debaixo dos vossos olhos, e da vossa intercessão.

Nossa esperança é sermos dignos das promessas de seu filho Jesus Cristo.  Na confiança que ele nos mostrara sua face gloriosa!
(Sol)
Sigo cantando louvores, em meio ao vale,
transformando lágrimas em preces de esperanças.
(Sol)
Anúncios