Arquivo do dia: 10/05/2017

As minhas ovelhas escutam a minha voz: Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-me.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João (Jo 10,22-30)

As minhas ovelhas escutam a minha voz: Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-me.

Celebrava-se, em Jerusalém, a festa da Dedicação do Templo. Era inverno. Jesus passeava pelo Templo, no pórtico de Salomão. Os judeus rodeavam-no e disseram: “Até quando nos deixarás em dúvida? Se tu és o Messias, dize-nos abertamente”.
Jesus respondeu: “Já vo-lo disse, mas vós não acreditais.

As obras que eu faço em nome do meu Pai dão testemunho de mim; vós, porém, não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas.

As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem.

Eu dou-lhes a vida eterna e elas jamais se perderão. E ninguém vai arrancá-las de minha mão.
Meu Pai, que me deu estas ovelhas, é maior que todos, e ninguém pode arrebatá-las da mão do Pai. Eu e o Pai somos um”.

— Palavra da Salvação.

Beata Teresa de Calcutá (1910-1997), fundador

a da Irmãs Missionárias da Caridade

Não há maior amor

“As minhas ovelhas escutam a minha voz”

Acharás certamente que é difícil rezar se não souberes como o fazer. Cada um de nós deve ajudar-se a rezar: em primeiro lugar, recorrendo ao silêncio, porque não podemos pôr-nos em presença de Deus se não praticarmos o silêncio, tanto interior como exterior. Fazer silêncio dentro de nós mesmos não é fácil, mas é um esforço indispensável. Só no silêncio encontraremos um novo poder e uma verdadeira unidade. O poder de Deus tornar-se-á nosso, a fim de realizarmos todas as coisas como devem ser realizadas; o mesmo no que respeita à unidade dos nossos pensamentos com os seus pensamentos, das nossas orações com as suas orações, das nossas ações com as suas ações, da nossa vida com a sua vida.

A unidade é o fruto da oração, da humildade, do amor. É no silêncio do coração que Deus fala; se te colocares diante de Deus no silêncio e na oração, Deus falar-te-á. E saberás então que não és nada. Só quando conheceres o teu nada, o teu vazio, é que Deus pode encher-te dele mesmo.As almas dos grandes orantes são almas de grande silêncio. O silêncio faz-nos ver cada coisa com outros olhos. Precisamos do silêncio para tocar as almas dos outros. O essencial não é o que dizemos, mas o que Deus diz – o que Ele nos diz, o que diz através de nós. Nesse silêncio, Ele nos escutará, falará à nossa alma e escutaremos a sua voz.

http://www.diocesecruzeirodosul.org

 

VOU SAIR PELOS PRADOS BUSCANDO

Vou sair pelos prados buscando
Ovelhas que estão sem pastor
Eu as trarei com carinho
De volta sem fome ou temor!

Nos meus ombros, ovelhas feridas
Sem dor poderão descansar
Devolverei os seus Campos
Darei novamente a paz

Sou Rei, Sou o Bom Pastor!
Vinde ao banquete que vos preparei, e fome jamais tereis!
A quem vamos, ó Senhor?
Só Tu tens palavra de vida, e Te dás em refeição!

Maus pastores que perdem ovelhas
Distantes de mim os terei
Noutras pastagens, seguras
Pastores fiéis chamarei

Novo Reino farei do meu povo
Rebanho sem mais opressão
Todos serei conduzidos a vida
Por minhas mãos!

Sou a porta segura do aprisco
Rebanho feliz eu farei
De todo o mal e injustiça
Ovelhas eu defenderei!

Mercenários que fogem pra longe
Deixando o rebanho ao léu
Não terão parte comigo
No reino que vem do céu!

Se uma ovelha deixar o meu campo
E outro caminho seguir
Deixo o rebanho seguro
E vou procurar a infeliz

Ao traze-la, haverá alegria
E os anjos do céu vão cantar
Será a festa da volta
Rebanho vai se alegrar!

Eu conheço as ovelhas que tenho
E todo o rebanho, minha voz
Se chamo, então, pelo nome
A ovelha virá bem veloz!

Buscarei os cordeiros distantes

E em mim terão forças e amor
Farei somente um rebanho
E eu mesmo serei o pastor!

O BOM PASTOR

Jesus toma sobre os ombros a ovelha de sua predileção, cada um de nós, a humanidade inteira, para a conduzir com segurança às fontes da água da vida (Ap 7, 17), onde Deus enxugará as lágrimas dos nossos olhos. E nos mostra o caminho: ‘Eu sou a porta. Quem entrar por mim, será salvo; entrará e sairá e encontrará pastagem’ (Jo 1, 9). Somos chamados a uma vida de predileção na Casa do Pai, que homem algum jamais pôde sequer imaginar o que poderia ser viver a eternidade na glória de Deus: ‘Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância’ (Jo 1, 10).

Reconhecer-nos como ovelhas do rebanho do Bom Pastor é manifestar em plenitude a nossa fé e esperança em Jesus Cristo, Deus Único e Verdadeiro, cuja bondade perdura para sempre e cujo amor é fiel eternamente (Sl 99,5). Como ovelhas do Bom Pastor, não nos basta ouvir somente a voz da salvação; é preciso segui-Lo em meio às provações da nossa humanidade corrompida, confiantes e perseverantes na fé, até o dia dos tempos em que estaremos abrigados eternamente na tenda do Pai, lavados e alvejados no sangue do cordeiro (Ap 7, 14b).

http://www.sendarium.com

Oração pastoral

“As minhas ovelhas escutam a minha voz; conheço-as e elas seguem-me”

Ó Jesus, ó Bom Pastor, pastor que és verdadeiramente bom, pastor cheio de clemência e de ternura, a ti clama um miserável e pobre pastor – sim, bem fraco, bem incapaz, bem inútil e, contudo, realmente pastor das tuas ovelhas. A ti, ó Bom Pastor, clama este pobre pastor que está longe de ser bom; a ti clama, inquieto por si mesmo, inquieto pelas tuas ovelhas. Senhor, tu conheces o meu coração: sabes que tudo o que deste ao teu servo, ele só tem um desejo, o de o entregar totalmente às tuas ovelhas, gastá-lo totalmente para seu bem. Mais, eu quereria entregar-me a mim próprio por elas. Que assim seja, ó meu Senhor, que assim seja!…

Ensina-me apenas, to peço, pelo teu Espírito Santo, ensina o teu servo como deve gastar-se por elas. Concede-me, Senhor, pela tua graça inefável, suportar com paciência as suas enfermidades, compadecer-me com ternura, procurar-lhes remédios eficazes. Que eu aprenda, sob a inspiração do teu Espírito, a consolar os aflitos, a devolver a coragem àqueles que a perderam, a erguer os que caem, a sentir-me fraco com os fracos…, a fazer-me tudo para todos para os salvar a todos. Põe sempre nos meus lábios a palavra verdadeira, a palavra reta, a palavra justa, a fim de que todos cresçam na fé, na esperança e no amor, em castidade e em humildade, em paciência e em obediência, em fervor de espírito e pureza de coração. Uma vez que lhes deste este guia cego, este mestre ignorante, este chefe incapaz, concede, Senhor, a este mestre, ciência, luz e competência.

Aelred de Rielvaux (1110-1167), monge cisterciense inglês

http://www.diocesecruzeirodosul.org

“Não existe bom pastor se não se está unido à Cristo pela caridade,

ficando assim convertido em um membro do verdadeiro pastor.”

(Santo Tomás de Aquino)

“Diferentemente do mercenário, Cristo pastor é um guia atento que participa da vida de seu rebanho, não busca outro interesse, não tem outra ambição do que guiar, nutrir, proteger as suas ovelhas. E tudo isto ao preço mais alto, o do sacrifício de sua própria vida”.

“É realmente um amor surpreendente e misterioso, porque dando-nos Jesus como Pastor que dá a vida por nós, o Pai nos deu tudo aquilo que de maior e precioso poderia nos dar. É o amor mais alto e mais puro, porque não é motivado por nenhuma necessidade, não é condicionado por nenhum cálculo, não é motivado por nenhum interessado desejo de troca. Diante deste amor de Deus, nós experimentamos uma alegria imensa e nos abrimos ao reconhecimento por aquilo que recebemos gratuitamente”.

(Papa Francisco)

EU SEGUIREI

Eu vou
Deixar me guiar e me
Abandonar no teu querer
Preciso fazer a tua vontade em
Minha vida

Para onde eu irei?
Em quem me apoiarei?

Eu seguirei, eu irei aonde
Fores Senhor

A tua graça me basta
Teu amor me sustenta


A tua graça me basta
Teu amor me sustenta

A Mão de Deus

Sinto essa mão que comigo está
Quando não tenho forças
É a mão que vem me levantar
Quando chegam as provas

Foi essa mão que ajudou Moisés
A dividir o mar em dois
É a mesma que hoje me acompanha
A mão de Deus

É que me sustenta quando vou cair
É a que me dá forças para resistir
A que me alcança, que nunca falha
Me move com poder
A mão de Deus

Mãezinha, não me deixa perder o rumo certo.

Se Jesus é a porta, sei que és o caminho!

(Sol)

Incomparável é o teu amor

És digno de todo louvor e exaltação
para sempre, ó meu Deus, Te adorarei

Deus forte e vencedor
que vence a morte e faz reinar o Amor
Deus conosco, Emanuel

Adorado
Exaltado és, Senhor
Soberano
incomparável é o Teu amor

Senhor, és digno de todo louvor
Senhor, incomparável é o Teu Amor
Senhor, és digno de todo louvor
Senhor, incomparável é o Teu Amor

Anúncios